Canastra da Cristina

O casal Maria Cristina Costa Faria e Adriano Cassimiro de Faria é produtor de queijo minas artesanal da Serra da Canastra na Fazenda Palmital em Vargem Bonita, Minas Gerais. Eles acabaram de receber o certificado de inspeção municipal de Vargem Bonita para fabricar queijo Minas artesanal canastra. Outro motivo de felicidade é que e a filha Camila, 20 anos, já trabalha ajudando os pais nas vendas e produção, continuando a tradição queijeira.

FOTO: Camila Faria/Acervo Pessoal

A fazenda é herança de família, os avós de Cristina já faziam queijo canastra no local e, junto com a terra, ela herdou a tradição de fazer queijo artesanal. Vargem Bonita é um dos sete municípios do queijo tradicional na Serra da Canastra. Os queijos são 100% leite cru, com pingo (fermentos naturais) e no tamanho do canastra tradicional, em torno de 1,2 kg .

FOTO: Camila Faria/Acervo Pessoal

“Há várias gerações produzindo queijo Canastra, nós lutamos pra manter essa tradição viva produzindo queijos de qualidade e sabor inconfundíveis. Na fazenda que, antes, do garimpo era extraído o diamante. Agora o queijo é a preciosidade que a Canastra nos proporciona, produzido às margens do rio São Francisco”

FOTO: Camila Faria/Acervo Pessoal

A ordenha é mecânica, implementada há 5 anos. A alimentação do rebanho de cerca de 30 vacas é o pasto natural, complementado com ração e silagem nos períodos de seca.

FOTO: Camila Faria/Acervo Pessoal

Os queijos são curados no mínimo de 15 dias na própria fazenda. Outra produção é a de doces, em venda direta para consumidores na própria fazenda.

Contato:

37 988277508
[email protected]

Queijo canastra da Cristina
FOTOS: Camila Faria/Acervo Pessoal
Leia Mais
Desafios enfrentados por um patrimônio nacional