Santo Uguzon

« Voltar para o Índice do Glossário

Em 1969, Pierre Androuet, presidente fundador da Guilde Internationale des Fromagers, pesquisou sobre a canonização, no século XVI, de um pastor do Vale Cavargna, localidade perto de Lugano, Itália, na fronteira ítalo-suíça, à 1.669 metros de altitude.

À este pastor, chamado Lúcio, mas também conhecido como « Uguzo Uguzon » oferecia seus queijos aos pobres e mais necessitados, mas foi descoberto e castigado pelo seu patrão.

Sabe-se que no local onde ele faleceu jorra uma fonte de água milagrosa para curar problemas de visão.

O culto a São Lúcio Uguzon atrai multidões para sua festa, no dia 12 de julho, mas é no dia 16 de agosto que ocorre a mais bela solenidade. Nessa festa popular, a região ítalo-suíça de São Lúcio se torna zona franca, em honra ao padroeiro dos queijos.

Para chegar ao oratório de São Lúcio, partindo de Lugano, pode-se passar por Dino. É o acesso mais curto, mas exige uma caminhada à pé de dois ou três quilômetros em trilhas subindo a montanha.

É possível também chegar ao local partindo de Porlezza, no limite de uma das margens do Lago Lugano, para depois subir todo o Vale Cavargna passando por San Bartolomeo, San Nazzaro et Cavargna. Podemos ir de Cavargna à San Lúcio por veículos de tração em quatro rodas, mas vale mais à pena fazer o percurso à pé (1.500 metros), como convém aos peregrinos.

Se partimos de Côme, é preciso passar por Menaggio e em seguida pegar a estrada do Vale Cavargna, um pouco antes de chegar em Porlezza.

Capela de Santo Uguzon « Back to Glossary Index