MENU

Cursos
Categoria

131

Dois cursos queijeiros em São Roque de Minas

Cursos, Destaque, Queijo

9 de dezembro de 2019

Débora Pereira, mestre queijeira da Guilde Internationale des Fromagers e professora da Escola Mons na França estará em São Roque de Minas em janeiro para ministrar dois cursos profissionais:

  • Análise Sensorial e formação de jurados para concursos de queijos (programa e inscrição) (com degustação e “simulado” de concurso): dia 11 de janeiro. Curso certificado pela Escola Mons.
  • Cura de queijos, nível 1 (programa e inscrição): dia 12 de janeiro
O curso de jurados visa formar um batalhão de experts para o próximo Mundial do Queijo do Brasil. FOTO: Arnaud Sperat Czar/Profession Fromager

Da roça à loja, como fazer esse caminho

Na sexta-feira, dia 10 de janeiro, as 17h haverá uma reunião com produtores de queijo do Núcleo SerTãoBras Canastra, em parceria com a prefeitura de São Roque de Minas. O objetivo é motivar os produtores a saírem da clandestinidade e a começarem a se organizar de forma mais satisfatória para conquistarem novos mercados.

Nessa reunião, a empresária e comerciante de queijos Flávia Rogoski, da loja Bon Vivant, de Curitiba (Paraná) vai dar a palestra “Da roça à loja, como fazer esse caminho“. Ela vai explicar o que pesa na decisão de um cliente para comprar um queijo e dar dicas para melhorar as vendas.

Débora Pereira e Flávia Rogoski são membros da Guilde Internationale des Fromagers.
FOTO: Arnaud Sperat-Czar/Profession Fromager

O Serviço de Inspeção Municipal de São Roque de Minas

“O SIM de São Roque de Minas é uma luz no fim do túnel para nossos 800 pequenos produtores de queijo canastra. É a maneira mais simples de tirar nosso produto premiado da clandestinidade, dando qualidade e agregando valor ao nosso queijo, gerando emprego e gerando qualidade de vida para nossos produtores” disse o prefeito Roldão, de São Roque de Minas.

Roldão, que administra São Roque de Minas entre 2016 e 2020 e motiva a legalização dos produtores pelo SIM. Foto na queijaria do Gilson.

O associativismo na Serra da Canastra

Em outubro de 2019, foi criado o Núcleo SerTãoBras Canastra, em parceria com o Serviço de Inspeção Municipal da Prefeitura, para motivar novos “antigos” produtores a saírem da clandestinidade. Três reuniões já foram realizadas, no intuito de conscientizar os produtores sobre a responsabilidade exigida e os benefícios adquiridos no processo de formalização da produção queijeira. A próxima é dia 10 de janeiro 17h.

A Serra da Canastra é uma das regiões queijeiras que mais se destaca no cenário do queijo nacional. A SerTãoBras começou na Canastra em 2007 e desde sempre somos parceiros da Aprocan, associação pioneira pelo trabalho do queijo artesanal no Brasil. Em parceria, já realizamos cursos passados, com a professora Delphine Gehant da escola Enilbio de Poligny.

Para 2020, serão organizados cursos na escola de tecnologia queijeira de São Roque de Minas, que está sendo construída por iniciativa da Aprocan, com a ajuda Codevasf, da Prefeitura de São Roque de Minas e outros parceiros.

Ler artigo

151

Curso intensivo: panorama geral do queijo artesanal

Cursos, Destaque, Queijo

8 de dezembro de 2019

3 dias de curso de fabricação, cura e gestão de queijaria com Marly Leite na Fazenda Caxambu (Sacramento, Minas Gerais).

Pela primeira vez, a queijaria Senzala abre suas portas para contar o segredo do seu sucesso, com o objetivo de fortalecer a cultura queijeira brasileira.

Durante 3 dias, aproveite para mergulhar na teoria e prática da fabricação e maturação de queijos de massa prensada crua, da produção do leite à gestão de planilhas para assegurar a traçabilidade do queijo a ser comercializado.

Os cursos serão oferecidos na última semana de cada mês, duas turmas por semana. Uma começando na sexta feira 8h da manhã e terminando no domingo 15h e outra começando na segunda feira 8h da manhã e terminando na quarta 15h. Os participantes podem chegar na véspera, se preferirem, sem alteração do custo.

Programa e ficha de inscrição. Para inscrever: enviar a ficha de inscrição preenchida e assinada para [email protected]
O pagamento

O pagamento pode ser feito por transferência bancária para a Associação SerTãoBras:
– Caixa Federal
– Agência 0146
– Operação 003
– Conta corrente 3365-0
– CNPJ 10.246.584/0001-33

Ou você pode pagar pela loja do site (pagamento com cartão possível).

Calendário 2020

Ler artigo

457

Curso de Cura de Queijo na França

Cursos, França, Para Produtores, Queijo

30 de agosto de 2019

A Maison MonS oferece uma formação intensiva de Cura em imersão em suas caves de cura na França

O perfil buscado nas formações da Maison Mons é de profissionais já iniciados no universo queijeiro. “-  Para poder haver um melhor aproveitamento do conhecimento que transmitimos aqui” explica Laurent Mons, diretor do centro de formação. A formação de cura, para no máximo 6 participantes, dura 4 dias. O valor é de 2.300 euros, incluídos a alimentação, hospedagem e transporte interno.

Datas

Ler artigo

411

Curso de Venda de Queijos e Análise Sensorial na França

Cursos, França, Para Produtores

3 de janeiro de 2019

O curso de vendas de queijos e análise sensorial é teórico e prático, com atividades previstas nas boutiques da rede MonS, nas caves modernas em Saint Haon le Chatel e no túnel da Collonge em Ambierle. São apresentadas aos alunos soluções de gestão de boutiques de queijos, organização de fluxo de trabalho e gestão do frio de vitrines.

Datas:

Curso de Vendas de Queijos e Análise Sensorial:

O Centro de Formação Maison Mons tem um longo percurso em formações para estrangeiros que querem beber na fonte da sabedoria dos queijos franceses. Até o momento, os cursos eram principalmente para o público norte americano e asiático. Desde 2018 a escola abriu para incluir o público brasileiro, que tem se revelado no cenário mundial do queijo artesanal.

Ler artigo

915

Guia de Cura maturou e cresceu! Disponível no site

Cursos, Destaque, Para Produtores, Queijo

1 de fevereiro de 2018

 

Como curar um queijo macio com casca florida obtendo o melhor sabor? Como conseguir o resultado de um interior da massa cremoso com a casca firme? Frio estático ou ventilado na sala cura, qual escolher? Como semear boas bactérias em uma sala de maturação virgem? Essas e muitas outras perguntas são respondidas no Guia de Cura de Queijos, uma edição da SerTãoBras e da revista francesa Profession Fromager.

Única publicação prática sobre cura no Brasil e na França, essa obra é tanto um trabalho técnico de referência teórica como uma ferramenta prática, pois fornece respostas concretas e pragmáticas para curar todas as principais famílias de queijos. Escrito em linguagem jornalística, simples e acessível, alterna conhecimento científicos gerais, conselhos práticos, diagramas de cura, depoimentos de profissionais, diagnóstico e fichas de resolução de acidentes …

É destinada a todos aqueles que querem se lançar na arte da cura e que buscam as astúcias para compreender e agir. E também para aqueles que já praticam a maturação de queijos, ofício que requer senso de observação e preponderância, pois ilumina todas as questões e permite de aperfeiçoar as práticas.

A primeira edição foi lançada em julho de 2017 e esgotou em outubro. Em novembro lançamos a segunda edição, ampliada em conteúdo: 35 páginas a mais que a primeira edição, em fichas de produtos, testemunhos de curadores e defeitos de maturação nos queijos. O novo formato 19 x 27 cm é 30% maior que o primeiro livro, para facilitar a leitura!

COMPRAR AQUI

Os autores

  • Débora Pereira, jornalista, pós doutora em Ciência da Informação e diretora da SerTãoBras
  • Arnaud Sperat-Czar, redator-chefe da revista Profession Fromager 
  • Sébastien Roustel, pesquisador chefe do setor de desenvolvimento de tecnologia queijeira na empresa CHR-Hansen
  • A obra se beneficia dos conselhos e da releitura técnica de Bernard Mietton, consultor em tecnologia queijeira e professor aposentado da escola Enilbio de Poligny e de Sébastien Lagneaux, consultor técnico da empresa Clauger.

Ler artigo