Rica experiência gastronômica

Entre as serras da Bocaina e da Mantiqueira, no município de Queluz (SP), a Fazenda Santa Vitória se destaca por sua beleza imponente. O projeto da Queijaria surgiu em 2021 e as atividades foram iniciadas este ano.

A fazenda está cercada por Mata Atlântica e possui 12 quilômetros de rios em seu interior. A altitude é de cerca de 500m, com relevo e clima favoráveis à produção de queijo. O Vale do Paraíba, onde está localizada, é a maior bacia leiteira do estado de São Paulo, segundo levantamentos do Instituto de Economia Agrícola e da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral, ambos ligados ao Governo do Estado de São Paulo.

Turismo e gastronomia: alto padrão na Fazenda Santa Vitória. Fotos: Arquivo Pessoal

A fazenda data do século 19 e foi constituída durante o ciclo do café. Após produzir café e cana, a propriedade passou a ser totalmente dedicada a pecuária leiteira, sua atividade principal atualmente, ao lado da hospedagem rural de alto padrão. Então, com o desenvolvimento da gastronomia dentro da propriedade, a queijaria naturalmente se mostrou como um modelo de negócio interessante.

Foram criados queijos que valorizam a ótima matéria-prima local e conectam os hóspedes e visitantes com a importante atividade leiteira da fazenda. Hoje, são produzidos cerca de 1 mil litros de leite por dia, sendo que a maioria desse volume é vendida para cooperativa que abastece fábricas na região. Por enquanto, a menor parte vai para a queijaria.



Todo leite utilizado na Queijaria Santa Vitória é de produção própria. As raças predominantes no rebanho são Girolando e Jersey. Os animais permanecem em sistema de compost barn e são alimentados o ano todo com alimentação ensilada na própria fazenda. A ordenha é toda mecanizada. Dessa forma, o proprietário Luiz Eduardo Tarquinio Monteiro da Costa consegue garantir leite com teor de gordura entre 3,8% e 4%. A produção atual em média é de pouco mais de 20kg de queijos por dia.

Atualmente são produzidos seis tipos de queijos, mas o objetivo é chegar a 10 ou 12, todos elaborados com leite de vaca pasteurizado oriundo de rebanho próprio”

O carro-chefe hoje é o Meia Cura, apresentado nas versões tradicional e maturadas com ramos de alecrim ou tomilho na casca. De forma geral, eles possuem peso de 500g, 30 dias de maturação, casca amarelada, massa de cor clara, acidez delicada e sabor equilibrado. Além deles, são produzidos também um queijo com casca lavada com cerveja (outra derivação do meia cura), um queijo com mofo branco na casca e um Minas Frescal.

Na Queijaria Santa Vitória também é produzido e vendido iogurte natural integral, ricota cremosa e manteiga – todos elaborados com matéria-prima própria e disponíveis para ser consumidos pelos hóspedes da fazenda e comprados pelos visitantes. Em breve, a maioria desses produtos poderá ser comprada pelo site.

CONTATOS

Queijaria Santa Vitória
Localização: Rodovia João Batista Melo Souza, km 5, Queluz, SP. CEP: 12800-000
Produtor: Luiz Eduardo Tarquinio Monteiro da Costa
Telefone: (12) 99711-9187
E-mail: contato@queijariasantavitoria.com.br
Instagram: @queijariasantavitoria