Queijo Rio Acima

Localizado na Serra da Mantiqueira a 1200 m de altitude, a queijaria Rio Acima está em uma região relativamente temperada, com verões amenos e invernos frios. As pastagens são naturais com presenças de araucárias, o que faz grande diferença na qualidade do leite. Geadas ocorrem nos meses de inverno.

Nossa História

A fazenda tem uma história de quatro gerações de produtores de leite. Começou com o bisavó que comprou a fazenda, passou pro avô, para o pai e agora está nas mãos do Leandro.

A produção do queijo tradicional de Alagoa começou na década de 80. Nesta época, os pequenos laticínios começaram a fechar suas portas, porque o transporte do leite era feito no lombo de burro. Então, alguns produtores começaram a produzir o queijo na própria fazenda e o pai do Leandro foi um dos pioneiros neste novo processo de saber fazer e vender o seu próprio queijo.

Queijo Rio Acima

Em 2018 o pai do Leandro se aposentou e foi a oportunidade de construir uma nova queijaria, dentro das normas e exigências sanitárias.

Queijos na salmoura. FOTO: LEANDRI

A produção da fazenda é de 550 litros por dia de média anual, e são utilizados para a fabricação dos queijos somente o leite produzido por eles. O gado é predominantemente Girolando. Variando de 1/2 sangue H/Z a 7/8 H/Z. São cerca de 35 vacas, 30 novilhas e bezerras.

Visita da Secretária de Agricultura de Minas, Ana Valentini.

Nossos queijos

Os queijos são curados verticalmente.

Queijos em vários estágios de cura.
Queijo Alagoa meia cura.
Queijo Alagoa extra-curado.

Contatos

e-mail: veterinario@alagoa.mg.gov.br

Telefone: (35) 999191465

Instagram: https://www.instagram.com/fazendarioacima/

Facebook: https://www.facebook.com/leandro.siqueirachaves

I