Curso Virtual Intensivo de Cura Mons

A Mons Formation, em parceria com a SerTãoBras, oferece o terceiro curso intensivo de cura online de 2 de julho a 1º de outubro de 2021 . “Nosso objetivo foi desmaterializar todos os módulos teóricos que oferecemos no curso presencial na França, com uma dinâmica de vídeo-aulas, respostas de questões e testes de conhecimento à cada semana, será bem intensivo” explica Laurent Mons, diretor da escola francesa e professor do curso. As aulas serão ministradas por Laurent e Débora Pereira e convidados como Hervé Mons, Leonardo Seccadio da Sacco Brasil e Milton Nunes da Emater-MG.

O terceiro curso já será aperfeiçoado em relação aos primeiros. Foram incorporados novos conteúdos como o uso da morge, de fermentos e informações práticas para a criação de um queijo.

O aluno deve prever algumas horas de estudos por semana, além das aulas, para alcançar êxito em sua formação” explica Débora. Para receber o diploma ao final da formação, um alcance mínimo de 60% nas avaliações é exigido. O curso será pré-requisito para as formações presenciais na França. “Nossa intenção é que, quando o aluno vier se formar na França, não precise ficar dentro de uma sala assistindo aulas teóricas, mas possa ter todo tempo para vivenciar a cura na prática” disse ela.

O investimento é de R$4.500 e as inscrições são feitas nesse link. Os cursos serão publicados em vídeo em espaço reservado para os alunos toda sexta-feira as 8h da manhã (horário do Brasil) e ficam disponíveis para visualização por uma semana. Além disso, serão fornecidos materiais de apoio para melhor compreensão das aulas.

As avaliações são semanais e as questões enviadas e respondidas ficarão disponíveis em um fórum acessível aos participantes. Cada aluno deve realizar um trabalho final: a criação de um queijo maturado, para o qual receberá conselhos e orientações dos professores.

Inscrição e programa detalhado

Módulo 1 – 2  a 8 de julho de 2021

  • Apresentação da Formação: cursos, exames e trabalhos exigidos.
  • Apresentação de Mons Formation e da Maison Mons Fromager Affineur
  • Visita virtual das Caves Mons (NOVO!)
  • Do pasto ao leite
  • Do leite ao queijo
  • Orientações sobre o projeto final

Módulo 2 – 9  a 15 de julho de 2021

  • Pré-requisitos para cura
  • Princípios gerais de cura
  • A criação de um queijo por Débora Pereira e Hervé Mons (NOVO!)
  • Cultura Queijeira – os essenciais

Módulo 3 – 16  a 22 de julho de 2021

  • Os parâmetros de cura
  • A Morge (NOVO!)
  • Análise Sensorial
  • Cultura Queijeira – As famílias de Queijo

Módulo 4 – 23 a 29 de julho de 2021

  • Parâmetros de Cura por Débora Pereira
  • Fluxos de ar por Laurent Mons
  • Defeitos de cura por Laurent Mons (NOVO!)
  • Queijobulário por Laurent Mons (NOVO!)
  • Degustação por Laurent Mons (NOVO!)
  • Cultura Queijeira – Os queijos brasileiros e sul americanos
  • Ácaros por Laurent Mons (NOVO!)

Módulo 5 – 30 de julho a 5 de agosto de 2021

  • Estruturas de salas de cura
  • Ambientes de Cura
  • Soluções: projetos de salas de cura por Sébastien Lagneaux – Clauger
  • Hervé Mons: a busca da excelência (NOVO!)

Módulo 6 – 6 a 12 de agosto de 2021

  • Os microorganismos
  • Os cuidados e gestos de cura
  • Soluções: quais fermentos utilizar 1 por Leonardo Seccadio

Módulo 7 – 13 a 19 de agosto de 2021

  • A madeira na cura
  • A madeira na cura: foco no Brasil
  • A madeira na cura por Actalia (Novo!)
  • Soluções: quais fermentos utilizar 2 por Leonardo Seccadio
  • Roquefort Papillon: mofo azul e caves de cura lenta (Novo!)

Módulo 8 – 20 a 26 de agosto de 2021

  • A economia da cura
  • Cultura Queijeira – Queijos emblemáticos mundiais
  • Cultura Queijeira – Instituições e eventos do mundo do queijo (concursos)
  • Soluções: quais fermentos utilizar 3 por Leonardo Seccadio (Novo!)

24 de setembro de 2021

  • Apresentação dos trabalhos finais pelos alunos (de 9h a 11h). Data a confirmar.

1º de outubro de 2021

  • Apresentação dos trabalhos finais pelos alunos e finalização do curso (de 9h a 11h). Data a confirmar.

Leia Mais
Queijo: período de maturação satisfatória chega a sete dias, diz pesquisa