Muita empatia queijeira

Editorial da Revista Profissão Queijeira nº5 Janeiro de 2021

Assinar a revista ! Membro da SerTãoBras tem cupom de desconto: código sertaobras2022.

Ser solidários e agir de forma pacífica e generosa em tempos sombrios de pandemia é tudo de bom que podemos desejar para esta extraordinária cadeia de atores do queijo brasileiro. A equipe internacional de “Profession Fromager”, em suas versões francesa, inglesa e luso-brasileira deseja a todos nossos leitores o melhor para 2021. Que continuem a praticar essa empatia que permitiu ao setor de queijos artesanais ter muita resiliência face à pandemia: proximidade com os clientes (mas não muita pois o distanciamento obriga),  proximidade com os terroirs (a verdadeira autenticidade) e proximidade entre todos os atores em prol de trabalhos coletivos e participativos! 

Sem dúvidas o coronavírus está sendo uma tragédia humana, sanitária e econômica sem precedentes. O Brasil é o segundo país do mundo em mortes, já são mais de 200.000 óbitos. Nossos corações são solidários a todas as famílias que perderam entes queridos e sensíveis a todo sofrimento. 

Felizmente, podemos dizer que para o queijo artesanal a pandemia não foi dos males o maior.   A busca dos consumidores por “queijos de verdade” ficou evidente. Queremos a volta do alimento mais simples e natural. Produtores de queijos artesanais aumentaram as vendas, principalmente direto para a mesa do cliente, com margem de lucro maior. 

Comerciantes de queijo que trabalham com qualidade, em termos de origem e tipicidade, também contam que têm vendido mais, desenvolvendo novas aptidões: vendas à distância, kits para otimizar a gestão, telepresença em eventos da cadeia láctea…  As reações na cadeia do queijo foram bem rápidas e isso é muito positivo. Agradecemos a todos os nossos leitores e anunciantes que acreditam nessa revista, chama viva para manter acesa a cultura queijeira brasileira.