Live de Débora Pereira e Arnaud Sperat Czar no Dia Internacional Pela Valorização do Leite Cru

Do blog Só queijo

O Dia Internacional da Apreciação do Queijo de Leite Cru foi lançado pela organização norte-americana sem fins lucrativos OldWays Cheese of Choice Coalition em 2014. É um evento coletivo e descentralizado. Qualquer pessoa pode inventar algo para honrar os queijos de leite cru nesse dia na sua cidade, divulgando a causa.

Celebrar o queijo de leite cru. FOTO: Oldways Cheese Coalition/Facebook

“Somos fortemente a favor do queijo feito com leite cru (não pasteurizado). Acreditamos que os consumidores devem ter o direito de decidir por si próprios e ter informações para fundamentar sua escolha. O queijo de leite cru não é apenas tradicional, é tão antigo quanto o próprio queijo. Na verdade, até aparecer Louis Pasteur em meados do século 19, o padrão era cru”, explica seu site.

Nas edições anteriores, as degustações presenciais terminavam em festa nas queijarias na França, Brasil e Estados Unidos. Esse ano, com a pandemia, as lives serão o MQTT, que em bom “mineirês”, quer dizer o “Miózinho Que Tá Tendo”.

Tábua de queijos de leite cru de cabras da cidade de Banon, na França. FOTO: Débora Pereira/Profession Fromager

Partindo da nossa filosofia do “cada um sua parte faz”, no dia internacional do leite cru, eu e Arnaud Sperat Czar vamos fazer uma live sobre o novo livro dele: Fromages au lait cru, Objectif reconquête (Queijo de Leite Cru, Objetivo Reconquista, em tradução livre). Será dia 17 de outubro, às 10h da manhã, horário do Brasil. As inscrições são nesse link  e não precisa instalar nenhum programa para participar.

Arnaud Sperat Czar e as ovelhas de cabeça negra dos Pirineus. FOTO: Débora Pereira/Profession Fromager

O livro foi lançado em fevereiro de 2020 no Salão do Queijo de Paris e ainda não tem tradução em português. Conta dos benefícios do leite cru para a saúde humana e do movimento de consumidores e produtores na França para mudar as políticas públicas e legislações, a fim de valorizar (e pagar melhor) pelos bons micróbios do leite. Na live vamos falar disso tudo e da transformação recente do nosso Coletivo Leite Cru, criado na França em 2019, na Fundação para a Biodiversidade Queijeira.

Em São Paulo e Belo Horizonte, comerciantes e produtores estão planejando eventos. Toda a programação será publicada no Instagram e no Facebook do movimento.

Leia Mais
Documento oficial preserva mais o saber tradicional na França