Novo Núcleo da SerTãoBras na Bahia

Seguindo nosso lema, “SerTãoBras: cada um sua parte faz” alguns produtores artesanais de queijo da Bahia estão se organizando para avançar na promoção e legalização do seu queijo.

A iniciativa chegou em um bom momento, quando está sendo implantado o SIM nos municípios do Território Recôncavo, uma parceria entre o Consórcio Público do Recôncavo e o Governo do Estado, via a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Portanto, com o objetivo de valorizar e impulsionar a cadeia do queijo na Bahia, uma força tarefa de produtores está se organizando para legalizar queijos especiais e com valor agregado. Os produtores buscaram ajuda da associação SerTãoBras para fortalecer a cultura queijeira no estado. “Nós não temos muita tradição, mas temos vontade e boas idéias” resume Anna Clara Vilela, produtora de leite na Chapada Diamantina que começou a fabricar queijos de casca florida, tipo camembert. Ela é a diretora do núcleo.

“Vejo isso com muitos bons olhos, a SerTãoBras está nos ajudando, ela ja tem uma atuação nacional e internacional pelo queijo dos pequenos, isso vai ser muito, vamos construir a cultura do queijo na Bahia” disse Leonardo, produtor associado. Conheça os objetivos e a diretoria do núcleo SerTãoBras Bahia.

Leia Mais
Japão, o Império do Queijo Nascente