Queijo coalho “Rosa do Sertão”: feito de leite de vaca zebu

«O Sítio Rio Negro preza por uma produção sustentável, por isso escolhemos criar o gado Gir Leiteiro», explica Michaela Demétrio. A propriedade é localizada na Serra do Maciço de Baturité, na cidade de Guaramiranga, estado do Ceará.

Nada é desperdiçado, tudo reciclado para produção mínima de lixo e resíduos. Uma pequena queijaria e uma produção de frutas desidratadas também fazem parte das atrações da propriedade.

Lá é produzido o queijo coalho maturado “Rosa do Deserto”   que tem como matéria prima o leite do gado zebuíno. É um queijo típico do nordeste, uma região seca, desprovida de chuvas e de umidade. Normalmente é um queijo mais salgado e muito se usa, no sertão, curá-lo dentro de um tonel com farinha de milho.

Para sua produção, o leite é cru e leva somente o coalho, sal e a pimenta calabresa.

Queijo “Rosa do Sertão” é maturado, de sabor levemente picante e de consistência firme. Ideal para tábuas de frios, para acompanhar cervejas e outras bebidas mais leves e frias.

Contatos:

www.sitiorionegro.com.br

Leia Mais
Mapa libera placa de caseína nos queijos