Fazenda Capão Grande, Serra da Canastra

Carlos e Solange são a quarta geração de uma família tradicional de produtores de queijo em São Roque de Minas. O Queijo Canastra que eles produzem tem mais de 150 anos de história. Sua fazenda fica a poucos quilômetros Parque Nacional da Serra da Canastra, o que colabora para o sabor do queijo e sua identidade.

Tradição

Carlos aprendeu a fazer o queijo ainda menino observando o avô. Depois quando seu pai assumiu o manejo da fazenda ele também estava lá ajudando e hoje toda família colabora com a produção.

Árvore de Flamboyant, entrada da fazenda Capão Grande

Premiações

Um queijo tradicional feito tão pertinho da serra e nesse clima de união familiar só poderia acabar em premiações no II Premio Queijos do Brasil:

>> Prata na categoria queijo de massa crua
>> Bronze na categoria maturado de 100 dias no

“ Esse resgate de história é uma coisa que a gente vai fazendo no dia a dia, mas buscando aperfeiçoar, buscando qualidade e sabor para agradar o paladar da pessoas, para levar isso para as pessoa” diz Solange em um vídeo produzido pela APROCAN (Associação dos Produtores de Queijo da Canastra)

Da porteira para fora

Carlos e Solange conseguiram atravessar bem mais as fronteiras de sua fazenda quando começaram a trabalhar com encomendas por correio, hoje eles conseguem comercializar seu produto em todo o país, levando o sabor e a simplicidade da roça para as pessoas da “cidade grande”.

A Fazenda Capão Grande recebe visitantes todos os meses de pessoas interessadas no sabor, na produção e na historia da própria fazenda que chama a atenção pela construção rustica da cede e a pela paisagem do cerrado.

Etiqueta

Recentemente a região da Canastra conquistou mais um instrumento para a proteção de seu patrimônio que é o Queijo Minas Artesanal da Canastra, a etiqueta de caseína. A etiqueta foi desenvolvida para que os consumidores possam ter uma certificação da originalidade do produto em mãos, através do rastreamento do queijo.

Como a mesma só adere a superfície do produto na hora da fabricação, somente os queijos produzidos na fazenda com a Indicação de Procedência “Canastra” receberão a etiqueta.

Para o produtor a etiqueta é a certeza do reconhecimento do seu produto e para o consumidor a segurança de estar levando para casa o legítimo queijo da Canastra.

O código nas etiquetas de Carlos e Solange é o 017 e o rastreamento do queijo pode ser feito pelo site:
http://queijodacanastra.com.br

Contatos:

>> Facebook

>> Instagram

Leia Mais
Em defesa das tradições culinárias brasileiras