Tradição que dá água na boca

Pão de queijo da Eliane, São Roque de Minas from SerTãoBras on Vimeo.

Eliane revela receita de seu famoso pão de queijo

Delicioso, quentinho e sequinho, o pão de queijo de Dona Eliane é um sucesso entre todos que já conhecem ou que pelo menos já ouviram falar de sua tradicional receita. Eliane e Otinho, seu marido, produzem queijos de leite cru na Fazenda da Matinha, no extremo leste do Chapadão da Canastra, uma paisagem exuberante.

Cozinheira de mão cheia, guarda a receita de um pão de queijo especial, daqueles típicos que só se encontra no interior de Minas Gerais. Neste vídeo, Eliane abre sua cozinha para a equipe da SerTãoBras e conta passo a passo como ela fabrica seus pãezinhos, com queijo de leite cru, ovos caipiras e tudo no fogão à lenha, utilizando as técnicas rústicas que conferem um sabor diferenciado. A receita de seu típico pão de queijo, lá de São Roque de Minas, você confere aqui:

RECEITA DA ELIANA
500 gramas de polvilho doce
300 gramas de queijo ralado grosso
1 copo americano de óleo
1 e ½ copo americano de água
4 ovos caipira
leite para dar ponto até escorregar

Modo de fazer:
Escaldar o polvilho com água e óleo fervendo
Acrescentar o queijo (a gosto)
Acrescentar os ovos
Acrescentar leite para dar o ponto

Obs.: No vídeo, veja as ténicas utilizadas por Eliane para saber o ponto da massa, a temperatura ideal do forno, dentre outros detalhes

TRANSCRIÇÃO VÍDEO
Eliana: Agora vai pôr fogo para esquentar o forno, tem que queimar a lenha toda, até o forno ficar na temperatura certa pra pôr os pães de queijo pra assar.

Tem meio quilo de polvilho. Agora a gente vai escaldar o polvilho, com um copo e meio de água e um de óleo, não muito cheio. Uma colher de sal. E misturar.

Quem já quiser ralar o queijo e deixar raladinho, eu já ralo aqui mesmo. No grosso. Eu gosto mais aqui, que dá mais gosto. Queijo é a gosto, porque depende. Pôr mais ou pôr menos depende do gosto da pessoa, eu gosto de pôr mais um pouquinho.

A gente vai quebrar os ovos. São quatro ovos da roça. Eu vou quebrar um por um aqui para ver se não tem nenhum estragado. Agora é amassar até dar o ponto. Vou chegar ele com o leite, se faltar eu vou colocar leite. Agora eu vou colocando o leite até dar o ponto da massa.

A massa deu o ponto, olha. Você suspende a massa e ela vai descendo, olha. Esse aqui que é o meu ponto, vai escorregando. Agora pode embolar e pôr na forma.

Aqui ele está preto, escuro. De acordo que ele vai queimando, ele vai branqueando. Aqui já começou a branquear, na beiradinha. Aí por dentro dele vai ficar tudo branquinho, aí pode pôr o pão de queijo pra assar.

Agora a gente vai ‘panhar’ alecrim pra varrer o forno que fica cheiroso, é um cheiro gostoso. O alecrim é uma tradição já de muito tempo e eles falam que dá uma energia boa, que purifica. A gente vai lá e vai amarrar a vassoura pra varrer o forno.

Agora a gente vai varrer pra tirar a brasa pra tirar os pães de queijo.

A gente vai enrolar os pães. Passa um pouquinho de óleo na mão…

Para olhar a temperatura do forno a gente usa a palha. Joga lá dentro e espera. Se ela queimar, está muito quente. Se ela só enrolar, mas não queimar, é porque está no ponto.

Já vai colocar.

Tô tampando a boca do forno pra não sair a caloria que está lá dentro.
Tem que conservar a temperatura.
Tá quase pronto. Agora mais uns cinco minutinhos e tá pronto.
Agora ele tá sequinho e nós vamos tirar.
Tá pronto, olha, o pão de queijo.
Abre ele pra ver se está cozidinho por dentro… Humm ficou gostoso, acertou o ponto. Pode soltar os cachorros! (risos)

Leia Mais
Q.JO Martina