Onde comprar queijo de leite cru da Serra da Canastra em São Paulo

SerTãoBras visitou algumas lojas e indica onde é possível encontrar o produto da Canastra e de outras regiões mineiras na capital paulista e em Campinas

Por Laura Lopes

São Paulo

Casa Santa Luzia – Alameda Lorena, 147, Jardins. Tel: 3897-5000

Quitanda – Rua Mateus Grou, 159, Pinheiros. Tel: 3081-7901

Amabile Queijos – Rua Herbart, 47, Box: 78 (Mercado da Lapa), Lapa. Tel: 3834-8696

Bemfica – Rua Herbart, 47, Box: 95 (Mercado da Lapa), Lapa. Tel: 3832-2724

Banca do Ramon – Rua da Cantareira, 306 (Mercado Municipal de São Paulo), Sé. Tel: 3329-9300, 3228-1377

Empório Sagarana – Rua Marco Aurélio, 883 e 887, Vila Romana. Tel: 3539-6560

Lá da Venda – Rua Harmonia, 161, Vila Madalena. Tel: 3037-7702

Campinas

Empório Derinho – Rua Ana Jacinta de Andrade Couto, 263, Parque Industrial. tel: (19) 3273-7717

Feiras

Feiras livres da zona oeste

Feira da Benedito Calixto

Mercado da Lapa

Mercado Municipal de Osasco

Paulistas que voltam de viagem de Minas Gerais normalmente trazem na mala delícias que são encontradas só naquele Estado. O queijo de leite cru, produzido em regiões como a Serra da Canastra e no Alto Paranaíba, é uma delas. Mas será que é tão difícil encontrá-lo nos estabelecimentos paulistas? Este texto mostra que não é preciso ultrapassar fronteiras estaduais para comprá-lo, principalmente se você morar na capital paulista.

Um distribuidor que não quer ser identificado diz que é mais difícil distribuir este produto na capital por causa da legislação. Por isso, envia cerca de 80 mil quilos por semana para Campinas e região, Mogi Mirim, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo e Mococa. “No geral, vendo 25% para fábricas de pão de queijo e 72% para casas de frios e supermercados”, afirma. Os preferidos, segundo ele, são queijos de leite cru frescos, de dois a cinco dias, e furadinhos. [/column_item]

feira rua fabia
Barraca da dona Dirce na feira da rua Fábia com Rua Aurélia, que funciona aos domingos. Foto Graça Cremon 2012

 Na Casa Santa Luzia, onde as vieiras canadenses se misturam ao presunto espanhol Pata Negra e a caríssimos vinhos franceses, o cliente também poderá encontrar o queijo de leite cru da Canastra. Ele está identificado como queijo meia cura, ou queijo minas artesanal. Há também duas versões do queijo de leite cru produzidos em Coromandel (no Alto Paranaíba) – Brinco de Ouro (R$ 22,70/kg) e Lua de Prata (R$ 21,60).

A poucos quilômetros do Santa Luzia, em Pinheiros, o hortifruti Quitanda também oferece o Brinco de Ouro, a um preço um pouco mais salgado: R$ 32,90 o quilo. Nos mercados municipais da cidade também é possível encontrar esta iguaria mineira.[/column_item][column_item]

No Mercado da Lapa, todas as barracas de queijo vendem o Brinco de Ouro ou o Lua de Prata. E duas lojas, em especial, vendem o queijo Canastra, de aparência mais homogênea e que os vendedores consideram legítimo. No Bemfica, o quilo custa R$ 20. No Amabile Queijos, R$ 22. No mercado mais tradicional de São Paulo, que fica na Rua da Cantareira, no centro, ele também está à venda.

Se a intenção é comprar o queijo e ainda saborear algum petisco feito com ele, o Empório Sagarana, na Lapa, e o Lá da Venda, na Vila Madalena, são os destinos indicados.

Heloisa Bacellar, do Lá da Venda, com um queijo canastra real

O queijo chega aos dois estabelecimentos por esforço de seus proprietários. Heloisa Bacellar, do Lá da Venda e autora de livros de culinária, vende o queijo a R$ 40 a peça. O cliente pode comprar metade e, se tiver um tempinho, experimentar o premiado pão de queijo feito na casa. É a própria Heloisa que traz do fornecedor mineiro. Já Paulo Leite, do Empório Sagarana, cobra R$ 30 a peça. Além de empório, hoje o local também faz as vezes de bar.[/column_item]

Ele conta que muitos de seus clientes ficaram assíduos do bar por conta do queijo comprado no empório. “É muito apreciado, os elogios são cotidianos”, diz. Além de levar o produto para casa, é possível prová-lo em porções, no espeto, dentro de sanduichinhos, no pão de queijo… Paulo orgulha-se de dizer que selecionou três produtores especialíssimos de Minas, responsáveis pela venda de cerca de 150 quilos por mês.[/column_item]

Assista ao vídeo com a entrevista de Heloisa Bacellar

  1. Venda de queijos Cabacinha, trancinha, Minas Fresco, Parmesão, Minas Meia Cura(Canastra), Provolone, Doce de leite e Requeijão. Tudo artesanal direto da fazenda.
    Envio via correios pro Brasil inteiro!

    Triângulo Mineiro – Minas Gerais
    [email protected]

  2. Como faço pra comprar o queijo? Moro em salvador. Meu whats app é 71 88175467 ou 71 988175467

  3. Olá
    Moro em São Luís MA! Rstou precisando muito de um queijo que seja bom para fazer pão de queijo e a possibilidade de enviar? Aguardo contato

  4. vendo queijo canastra apenas 4 unidades por dia , vendo apenas curado pelo correio , posso despachar de sao paulo , curitiba ou Varginha , depende de onde estou trabalhando ese passei na roça ok , leite bem gordo pois as vacas sao tratadas a pão de ló . meu email [email protected]

  5. Ola, obrigado por partilharem tanta informação.
    Tenho interesse em adquirir o queijo aqui em Salvador/BA??? Tenho um amigo que tem um pastificio que vende produtos bem exclusivos, se alguem tiver interesse em enviar pra ele, faço a ponte. Ele vendendo posso comprar dele daí. ;). Então são 2 questões: Aonde comprar em Salvador? E se alguem quer vender pra ca? Meu whats 71 98781.8040

  6. QUEIJO DE LEITE DE CABRA – AZUL DO BOSQUE
    Feito com leite de cabra, inspirado no inglês Stilton, um tipo de queijo azul. Foi anunciado na Revista VEJA RIO de 19 de agosto de 2015, página 38 pelo preço de R$ 304,00 o quilo, vendido em Joanópolis, SP. Gostaria de saber se alguém conhece alguma loja aqui no Rio de Janeiro, que venda esse tipo de queijo.

  7. bom dia alguem sabe de um queijo canastra de rótulo amarelo e vermelho? preciso muito pra revenda no rio.

  8. Nos somos de poços de caldas no sul de minas e trabalhamos com os melhores produtos de toda a regiao , queijo canastra , queijo fresco,meia cura ,cafe especial (arabica especial),cachaças e outros quem tiver interesse entre em contato email [email protected]

  9. somos de minas gerais (poços de caldas mg) trabalhamos com os melhores produtos artesanais como queijo canastra ,fresco ,palito,nozinho,cabacinha defumado provolone ,requeijao de corte e muitos outros como embutidos, doces,cachaças e cafe especial quem tiver enteresse entre em contato conosco que enviaremos nosso catalogo de produtos vao se encantar com as variedades da ALIANÇA MINEIRA. Nossos email é [email protected]

  10. Olá,
    Gostaria de saber se alguém aqui em São José do Rio Preto-SP, revende o queijo Brinco de Ouro.
    Obrigada.

  11. Olá,
    Meu nome é Wilson
    Meu pai é produtor de Queijo mineiro artesanal(o melhor queijo que existe), se alguém interessar em adquirir nossos produtos, pode entrar em contato que negociamos.
    35 9726-3626

  12. Ola vendo queijo meia cura e frescal so tem queijo toda sesta 15 reais a peça direto de minas gerais. tel: 2192720569 roberto

  13. Olá Francisco, tivemos notícia que tem na Feira de São Cristovão, mas ainda não fomos conferir. Se você encontrar, nos passe o endereço para divulgar em nosso site. Gratos, SerTãoBras

  14. Olá boa tarde, é ótimo o queijo canastra, comprei aqui no rio de janeiro, em um carro que estava vendendo, onde posso comprar aqui no Rio de Janeiro, Rj.
    tel. 2130680136, 21998974111 , grato

  15. Gostaria de saber se há comercialização no Rio de Janeiro dos queijos Serra da Canastra e onde encontro. Haverá possibilidade de remeter por encomenda.
    Grato. Lourival

  16. Olá Denival, primeiramente obrigado pelo contato. Você pode entrar em contato com o Luciano ou João Leite, que são produtores de queijo artesanal de leite cru na Canastra. Eles poderão te informar a respeito da venda do meia cura conforme você está procurando.

    Luciano Carvalho Machado – [email protected] – 37 – 88316319 / Telefone (37) 9966-9455

    João Carlos Leite – [email protected] – Tel: (31) 3433 3008 / (37) 88290076

    Atenciosamente,
    equipe SerTãoBras

  17. Ola ,bom dia,alguem poderia me informar onde posso comprar queijo meia cura no atacado para revenda em minas,que seja,bom preço.grato,Denival.

  18. Infelizmente não temos dados concretos sobre locais específicos de venda de queijos nessas cidades mas, devido ao fato de estarem localizadas próximas do Sul da Canastra (cerca de 256Km de São Roque de Minas, capital do queijo), acredito que não deva ser difícil encontrar queijo Canastra de leite cru nessa região. Possivelmente você poderá encontrá-los nos mercados municipais e feiras dessas cidades, bem como em outras cidades da região.

  19. Queijo da Canastra, sabor inigualável. Bom para comer com um bom cafezinho. Será que encontra em pouso alegre ou alfenas?

  20. Pessoal. É um absurdo nao podermos consumir um queijo como o Canastra em SP. Sou paulista mas morei em BH durante um tempo. Nunca mais consegui me esquecer do paladar daquele queijo. Estes tecnocratas ficam criando barreiras e atrapalham a vida de todo mundo.

  21. Rafael

    Mais uma vez muito obrigado pelas informações. Quanto ao queijo Serrano, você afiramaria que é impossível encontrá-lo aqui em Brasilia?

    Enviei mensagem para o ‘Evangilizador de queijos’, reportagem na página do Sertãobras, para encomendar o queijo da Serra da Canastra. Entre outras informações ele escreve sobre o queijo Brinco de Ouro, diz ele: “não é um queijo de qualidade é empacotado em uma distribuidora, que empacota outros tipos de queijo; não há muita preocupação com a procedência.”

    Você sabendo ou não optou por fazer pão de queijo o que, evidentemente, creio, não seria o destino que você daria a um queijo nobre.

    A proposito você conhece o queijo minas frescal Panezeti e um queijo que vem em uma embalagem amarela, ele não é frescal, porque é mais cremosos, na sua formula impresa na embalagem vem: leite…chamou-me a atenção, porque não vem leite pasteurizado.. a marca é Queijo Canastra a venda na loja de Queijos no CEASA. E quanto ao queijo de minas padrão das marcas Panezeti ou Cruzilha, você as conhece?
    Cordialmente
    Luiz

  22. Caro Luiz,
    Confesso que não me lembro o nome do sacolão, mas acho que é um nome japonês. Se você procura um bom queijo artesanal para consumo puro, recomendo o queijo Serra do Salitre, que você poderá encontrar na Ilha dos Pães (QI 13/14 – Lago Norte). Para mim é o melhor queijo minas encontrado aqui. É produzido em pequenas queijarias na região do Cerrado, produtora do queijo conhecido como Catiara. Eles comercializam lá o meia cura e o “Imperial” com aproximadamente 80 dias de cura. Como não moro no Lago Norte e a quantidade comercializada é pequena, costumo ligar antes de ir lá (33688747).
    Já o “Brinco de Ouro”, costumo apenas utilizá-lo para fazer pão de queijo, pois é mais barato.
    Espero ter ajuda, abraço.

  23. Rafael

    Agradeço-lhe não só pelas informações, mas tabém pela atenção para comigo.

    Não querendo ser importuno, mas sendo peço-lhe, por gentileza, se possivel, informar o nome do sacolão da 314 e onde posso encontrar os queijos indicados por você.
    Cordialmente
    Luiz

  24. Caro Luiz,
    Queijo serrano acho que não encontramos por aqui. Além de possuir uma produção pequena, existe a proibição da comercialização fora do RG. Já o Brinco de Ouro, pode-se encontrá-lo em padarias ou mercados facilmente. Geralmente utilizo esse queijo, ou o Nata de Ouro, quando pretendo fazer pão de queijo. Compro em um Sacolão da 314 norte. Esses são queijos curados em entrepostos com SIF, de livre circulação no país.
    Para consumo puro, recomendo que procure queijos com registro no IMA/MG. Embora, infelizmente, também proibidos de circular fora de MG, podem ser encontrados em alguns lugares. Recomendo o Serra do Salitre “Imperial” com maturação superior a dois meses (existe também o meia cura Serra do Salitre) ou o queijo artesanal do Serro (um pouco mais ácido).
    Quanto ao Canastra, nunca cheguei a encontrar o verdadeiro por aqui.
    Abraço.
    Rafael.

  25. Rafael

    Por gentileza, você sabe informar se em Brasília podemos encontrar os queijos: Serrano/RG e Brinco de Ouro, mais a responsável por esta página informou-me que em Brasilia podemos encontrar o queijo da Serra da Canastra, na CEASA, compro na Casa de Queijos, na CEASA um queijo na embalagem, não é frescal e denomina-se “Canastra”. Sua formula no rótulo da embalagem informa que é feito de “leite” e não, como os demais de “leite pasteurizado”. Podemos considerá-lo como queijo de leite cru? Este queijo é do município de Paranaíba/MG?
    Cordialmente
    Luiz

  26. Queijo Canastra de verdade não dá para ser embalado à vácuo e ter uma marca que máscara o nome do produtor, que é quem rala de verdade, muito menos ser vendido fresco, o que faz perder sua identidade. Coloquemos o Canastra no lugar de destaque que ele merece como Patrimônio Imaterial Nacional. Nada de grandes escalas!

  27. Rafael, obrigado pelas suas observações. Oportunamente publicaremos informações sobre produção e comercialização de queijo produzido com leite cru em outras regiões brasileiras.

  28. Ótima matéria. Seria interessante listar os estabelecimentos que comercializam os queijos artesanais de Minas em outras capitais. Aqui em brasília, é possível encontrar alguns, como o queijo Serra do Salitre (Ilha dos Pães – QI 13/14 – Lago Norte), o queijo minas artesanal do Sesso distribuído pela Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro (La Palma – SCLN 404 e SCLS 413) ou o parmesão da Mantiqueira, de Alagoa/MG (Empório Albamonte – SCLN 203).
    Com relação a matéria, faço uma observação: os queijos Brinco de Ouro e Lua de Prata são queijos do Alto Paranaíba (conhecidos como Catiara) e não da Canastra, por isso não podem utilizar essa denominação. Eles são produzidos diretamente nas fazendas produtoras de leite e maturados em um entreposto em Coromandel/MG, um dos poucos entrepostos (que recebem queijos de leite cru) legalizados pelo Ministério da Agricultura.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Leia Mais
A importância das bactérias do canastra para a sustentabilidade