Começa essa semana o I Simpósio de Queijos Artesanais do Brasil

por SerTãoBras

Pela primeira vez no Brasil, será realizado um simpósio para discutir a situação do queijo de leite cru no país. Organizado pela Embrapa Agroindústria Tropical e Emater/RS, o evento acontece entre os dias 23 e 25 de novembro, em Fortaleza (CE). O objetivo do Simpósio é unir os profissionais, produtores, pequenas e médias empresas relacionadas, a fim de se discutir aspectos da qualidade, segurança e certificação dos queijos artesanais. Com isso, pretende-se promover a preservação e valorização da produção artesanal dos queijos brasileiros, bem como o trabalho dos pequenos produtores, e dar mais visibilidade aos queijos artesanais brasileiros no cenário internacional.

SerTãoBras

Em apoio aos produtores e pela regulamentação do queijo artesanal no Brasil, a SerTãoBras apoia o I Simpósio de Queijos Artesanais do Brasil, que vai de encontro aos projetos e discussões realizados pela ONG em defesa do queijo de leite cru. Por isso, a SerTãoBras tem presença confirmada no evento, e será representada pelos seguintes membros da equipe:

Aluísio Marques – Diretor da SerTãoBras

Rosimar Silva – Colaborador da SerTãoBras

Leôncio Diamante – Colaborador da SerTãoBras

Luciano Carvalho – Presidente da Associação dos Produtores da Canastra (Aprocan)

Helvécio Ratton – Diretor do documentário “O mineiro e o queijo” e colaborador da SerTãoBras

Inscrições

Para participar é preciso se inscrever através do site ou enviar um e-mail com os dados do interessado (nome, CPF, nome da queijaria, instituição ou empresa – com CNPJ ou outro número de identificação da empresa) para: [email protected] ou [email protected], ou ainda pelo fax (85) 3391-7222. O valor da inscrição é R$120,00 para participantes comuns e R$50,00 para produtores de queijos artesanais, e o comprovante do pagamento/depósito também deve ser enviado para o e-mail ou fax.

SlowFood

Durante a palestra de abertura do Simpósio, estará presente o presidente Piero Sardo, presidente da Fundação Slow Food Internacional para a Biodiversidade. A expectativa é de que Sardo, que segue as campanhas em defesa dos queijos de leite cru que acontecem no mundo, mostre como elas se encontram e contribua para ampliar os debates. Isto porque, além de compartilhar aspectos da produção de queijos na Itália e na Comunidade Europeia, também poderá acrescentar outros elementos à discussão que não os focados unicamente nos aspectos normativos e higienistas.

Em sua colaboração com a organização do Simpósio, a associação inseriu na programação uma mesa sobre o papel dos movimentos e das ONGs na salvaguarda desses queijos e busca a maior presença de produtores artesanais tradicionais no evento. Para que se fortaleçam outros olhares, a Slow Food Brasil destaca a participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que apresentará a perspectiva de registro dos queijos como patrimônio cultural imaterial.

Programação

Clique aqui para conferir a programação completa do I Simpósio de Queijo Artesanal do Brasil

Matérias relacionadas:

Simpósio de queijos artesanais mobiliza entidades que atuam em sua defesa

Manifesto da SlowFood em defesa do queijo de leite cru

First Brazilian Artisanal Raw Milk Cheese Symposium

Criada em Fortaleza rede nacional de apoio ao queijo artesanal

  1. Obrigado pelo contato, Pedro. É bom saber que podemos contar com parceiros em diversos cantos do país na luta pela regulamentação do queijo de leite cru. Esperamos vencer essa luta para que o produto possa ser produzido e vendido livremente em todo o território nacional e também internacional.

  2. Parabens pela ideia, voce realmente é um brasileiro nato, com ideias grandes. Precisa vir com teus produtos para o rio grande do sul, será abençoado! Aqui é outro pais, terá boas vendas. Um abraço.

  3. Obrigado pelo contato, Venancio.
    Continue acompanhando as novidades sobre o queijo de leite cru em nosso site. Você também pode se inscrever no RSS do nosso site e receber todas as notícias. Basta você clicar no ícone alaranjado que está no final da página, a direita.

  4. Maravilhoso trabalho do SerTãoBras. Gostaria de compartilhar das notícias e acontecimentos do mundo do queijo artesanal canastra. Sou de Medeiros MG e quando criança ficava ao redor do meu pai na casinha de queijo comendo massa de queijo e bebendo soro gordo, porque não desnatava.Crescemos fortes e saudáveis, sem iogurte, todynho, nescau e outras artimanhas das multinacionais. Quando estava frio, colocava uma dose de conhaque na caneca ou lata de aluminio e completava com leite tirado na hora, bom demais.Para pessoas simples, que não tem ou não teve condições de estudar estão aterrorizados com as notícias de que a qualquer momento os queijeiros podem deixar de coletar os queijos nas fazendas, e ao transportá los para venda correm o risco de terem a mercadoria apreendida e desovada no lixão mais próximo. E o destino dos pequenos produtores só Deus sabe.Abraço e aguardo notícias em meu email. Obrigado.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais
Moradores com cisternas: bom proveito das bonanças